Federação de Montanhismo do Estado de São Paulo

Animais peçonhentos: Compreensão para prevenção

Aranhas

As aranhas pertencem ao grupo dos artrópodes, habitam praticamente todas as regiões da Terra. Estes animais podem viver em teias geométricas ou irregulares, em buracos no solo, fendas de barrancos, árvores, sob troncos podres, cupinzeiros e bromélias, além de áreas ocupadas pelo homem.

São animais carnívoros. Alimentam-se principalmente de insetos, mas também de presas maiores como pequenas lagartixas, rãs, peixes, roedores e filhotes de pássaros.

No Brasil, apenas três gêneros, com cerca de 20 espécies, podem causar envenenamentos graves em humanos, tais como: Latrodectus sp. (viúva negra), Loxoceles sp.(aranha marrom) e Phoneutria sp. (armadeira). Os acidentes causados por Lychosa sp. (aranha de grama) e caranguejeiras provocam, em geral, apenas sintomas leves.

Tipos de Aranhas

Considerações gerais sobre animais peçonhentos

Prevenção de acidentes com animais peçonhentos como Cobras, Escorpiões e aranhas

  • Sacudir roupas e sapatos antes de usá-los, pois aranhas e escorpiões podem se esconder neles e picam ao serem comprimidos contra o corpo;
  •  Não pôr as mãos em buracos, sob pedras e troncos podres. Usar calçados e luvas de raspas de couro para atividades em que seja preciso colocar a mão e pisar em buracos, entulhos e pedras;
  • Acondicionar lixo em sacos plásticos ou outros recipientes que possam ser mantidos fechados,
  • para evitar baratas, moscas ou outros insetos que servem de alimento para os escorpiões;
  • Não tirar perneiras antes de montar barraca;
  • Inspecionar o local e limpeza do terreno (pedras e tocos);
  • Evitar acampar próximo a rios e lagos;
  • Colocar seu lixo no alto e mais longe possível se sua barraca;
  • Inspecionar dentro da barraca (sempre manter fechada);
  • Utilizar botas de cano alto ou perneiras de couro pode evitar até 80% dos acidentes, pois a maioria das picadas de serpentes ocorre do joelho para baixo;
  • Nunca se deve andar descalço ou de chinelos em locais onde possa ocorrer cobras ou outros animais peçonhentos. O uso de sapatos ou botinas pode evitar de 50% a 60% dos acidentes;
  • Não se sentar, deitar ou agachar próximo a arbustos, barrancos, pedras, pilhas de madeira ou material de construção sem se certificar de que ali não existem cobras ou outros animais peçonhentos.
Animais peçonhentos: Compreensão para prevenção
Voltar ao topo