Federação de Montanhismo do Estado de São Paulo

O que significa Unidade de Conservação, Área de Proteção Ambiental, RPPN, MONA e Parques

Por Aline Damasceno
Revisão: Flávia Gonzalez

Quando nos preparamos para passar um final de semana com os amigos nas montanhas, temos uma infinidade de coisas para preparar e organizar para que o passeio seja um sucesso.

Isso envolve analisar a previsão do tempo, organizar a mochila, abastecer o veículo, combinar caronas, horários e ponto de encontro, alimentação, início da trilha, trajeto, final do trajeto, volta pra casa. Seja na caminhada ou na escalada.

person standing on top of rock
Photo by Suliman Sallehi on Pexels.com

Mas certamente um fator muito importante que sequer passa pelas nossas mentes é: Onde estou pisando? Quem são os responsáveis pelo espaço que estou me aventurando? Quem são os responsáveis que fazem a manutenção para que a minha aventura seja realizada com sucesso e conforme planejado? E a questão mais importante: Quem permite ou qual é o órgão responsável que autoriza o meu acesso para que eu possa realizar minhas aventuras junto aos meus amigos?

Esse artigo tem por finalidade apresentar quais são os órgãos responsáveis pela preservação e cuidados dos locais. São eles:

Fundação Florestal

Segundo o próprio site, tem por objetivo contribuir para a conservação, o manejo e a ampliação das florestas de produção e das Unidades de Conservação do Estado de São Paulo, atuando em conjunto com o Instituto Florestal; Apoia, promove e executa ações integradas voltadas para a conservação ambiental, a proteção da biodiversidade e desenvolvimento sustentável.

O que significa Unidade de Conservação, Área de Proteção Ambiental, RPPN, MONA e Parques
Voltar ao topo